Conectando mundos
OXFAM

Edición 2019-2020
Get In the loop: para um futuro em equilíbrio

O desafio da humanidade para o século XXI consiste em erradicar a pobreza e alcançar a prosperidade para todo o mundo, com os limitados recursos naturais do Planeta.

As profundas desigualdades em termos de rendimento, género e poder fazem com que milhões de seres humanos vivam na pobreza e na exclusão e sejam discriminados económica e socialmente. Quase 900 milhões de pessoas padecem de fome, 1400 milhões vivem com menos de 1,25 dólares por dia e 2,7 biliões não dispõem de instalações para cozinhar em condições higiénicas.

Alcançar um desenvolvimento sustentável significa garantir que todas as pessoas tenham os recursos de que necessitam – alimentos, água, cuidados de saúde e energia – para que os seus Direitos Humanos sejam efetivos. Significa, também, garantir que o consumo de recursos naturais não provoque tensões nos processos vitais do sistema terrestre – gerando mudanças climáticas ou a perda de biodiversidade, a título de exemplo – até ao ponto em que a Terra saia do seu período estável, conhecido como Holoceno, que se revelou tão benéfico para a humanidade ao longo dos últimos 10 000 anos.

Conseguir que vivamos neste espaço seguro e justo para a humanidade é um desafio complexo, devido ao facto de que os limites sociais (como a fome, a desigualdade ou a falta de saúde) e os limites planetários ambientais (como a mudança climática ou a perda de diversidade) são interdependentes. A tensão ambiental pode agravar a pobreza e vice-versa. Por este motivo, são necessárias políticas bem desenhadas e novos hábitos de consumo e produção para alcançar um desenvolvimento sustentável e inclusivo.


informação


Para a presente edição do Conectando Mundos, foram definidos os seguintes objetivos:

1
Repensar criticamente o conceito de crescimento e desenvolvimento com base nos princípios de sustentabilidade ambiental e justiça social;
2
Conhecer e analisar as causas e as consequências do atual modelo de produção e consumo para compreender os seus efeitos insustentáveis na vida das pessoas e do Planeta;
3
Apresentar modelos alternativos de desenvolvimento económico que respeitem mais a vida das pessoas e do Planeta, a partir do conhecimento de propostas alternativas já existentes;
4
Promover ações e condutas transformadoras, individuais e coletivas que impliquem a criação de novas propostas para um desenvolvimento social e económico mais justo e sustentável.

Objetivos

  1. Repensar a ideia de bem-estar com base nos princípios de sustentabilidade e justiça social;
  2. Conhecer as causas e consequências do modelo de vida atual a partir da análise dos nossos hábitos quotidianos de consumo, para compreender os seus efeitos insustentáveis na vida das pessoas e do Planeta;
  3. Conhecer e reconhecer formas de vida e consumo alternativos que respeitem mais as pessoas e o meio ambiente;
  4. Promover ações individuais e coletivas nos hábitos da vida quotidiana, respeitando a estabilidade social e o meio ambiental.

Conteúdos

  1. Conceito de bem-estar e desenvolvimento na perspetiva social e meio ambiental;
  2. Formas atuais de produção e acesso a quatro elementos básicos de bem-estar e sustentabilidade: água. energia, alimentos e riqueza;
  3. Relação entre hábitos de consumo dos quatro elementos e suas consequências ambientais e sociais;
  4. Consumo responsável: formas e alternativas (produção que respeita o meio ambiente, salário justo, equidade de género, inexistência de exploração infantil, …);
  5. Propostas e iniciativas, individuais e coletivas, que promovam o bem-estar de forma sustentável no âmbito doméstico, local e global.

Objetivos

  1. Repensar o conceito de crescimento e desenvolvimento com base nos princípios de sustentabilidade ambiental e justiça social;
  2. Entender as consequências para a sociedade e para o meio ambiente a partir da análise crítica do modelo de produção, consumo e acesso a recursos básicos na atualidade;
  3. Conhecer e reconhecer hábitos e modos de vida e consumo alternativos que respeitem mais as pessoas e o meio ambiente, a nível micro e macro;
  4. Promover a criação de alternativas e propostas de ação, a nível individual e coletivo, para uma mudança nos nossos modos de vida que permita um desenvolvimento sustentável a nível social e meio ambiental.

Conteúdos

  1. Análise do conceito de desenvolvimento e limites do crescimento económico na perspetiva social e meio ambiental;
  2. Abordagem das lógicas atuais de produção, distribuição e consumo de quatro elementos básicos de bem-estar e sustentabilidade: água, energia, alimentos e riqueza;
  3. Análise do efeito das dinâmicas atuais de consumo na perspetiva da sustentabilidade;
  4. Exemplificação e investigação sobre formas alternativas de vida, produção e consumo mais justas e sustentáveis;
  5. Propostas e iniciativas, individuais e coletivas, que promovam o desenvolvimento de forma sustentável no âmbito doméstico, local e global.


Ver o calendário deste ano


Créditos

Coordenação do projeto:
Clara I. de Madrid, Elisabet Santpere, Sandra M. Tremoleda

Autoria:
Edualter

Dinamização da Web:
Espais Telemàtics

Rede de Educadores e Educadoras para uma Cidadania Global:
A comissão do Conectando Mundos da Rede de Educadores e Educadoras para uma Cidadania Global, dá assessoria e monitorização à elaboração da presente proposta educativa: Alazne Cámara, Pablo Cuenca, Santiago García, Esther Gutiérrez, Teresa Hernández, Flor López, Jordi Riera y Arantza Zubizarreta.

Para saber mais sobre a Rede de Educadores e Educadoras para uma Cidadania Global: www.ciudadaniaglobal.org

Consórcio Conectando Mundos:
A partir de 2019-2020, o Conectando Mundos desenvolve-se no âmbito do Consórcio Conectando Mundos. Esta iniciativa, na qual se inscreve a proposta educativa, enquadra-se numa estratégia mais ampla de promoção da cidadania global promovida pelas seguintes organizações europeias: Oxfam Italia (Itália), AIDGLOBAL (Portugal), Instituto Politécnico de Leiria (Portugal), Espais Telemàtics (Espanha) e Oxfam Intermón (Espanha).


Patrocinadores

A atual proposta é parte integrante do projeto “Desenvolvimento da Competência Global através do projeto intercultural online Conectando Mundos” do programa Erasmus +.

Erasmus+


Siga-nos